Pepe Aromas, os sabonetes biológicos alentejanos

No concelho de Arraiolos, no Alentejo, surgiu a Pepe Aromas, com vinagres, geleias e agora sabonetes artesanais.

Susana Mendes e José Ferrão, fundadores desta marca começaram o negocio com o  cultivo de figo-da-índia, mas a fruta tem determinados critérios que tem de cumprir para seguir para os pontos de venda, como o tamanho, a cor, entre outros fatores. Como alguns produtos não cumpriam todos esses requisitos, apesar de estarem ótimos para consumo, havia um excedente e toneladas de fruta boa sem um propósito.

Pepe Aromas

As matérias-primas já tinham, dado que o azeite que a família também produz é uma parte vital dos sabonetes, mas a Susana e José faltava o conhecimento e a experiência para se lançarem neste nova área de negócio. E tal como já tinham feito anteriormente, voltaram a recorrer a parceiros estratégicos.

Com a matéria-prima em mãos, surgiu uma parceria com a  Olivae, que já trabalhava há muito tempo com a produção de sabonetes artesanais, e que ajudaram no surgimento da marca Pepe Aromas. Estes sabonetes são produzidos nas instalações da Pepe Aromas, dado que as da Olivae não estão preparadas para a produção biológica.

E o resultado já está no mercado. Os sabonetes artesanais e biológicos da Pepe Aromas foram lançados há cerca de um mês e existem três variedades: sabonete de figo-da-índia com aroma a laranja, sabonete de palma de figo-da-índia com aroma a limão e o sabonete de figo-da-índia com aroma a alecrim com pepitas de cortiça, que acaba por funcionar como um esfoliante natural.

Os produtos têm um preço recomendado de venda ao público de 5€ e 5,50€ para o de alecrim com pepitas de cortiça, e estão disponíveis para venda através do site da Pepe Aromas e em alguns pontos de venda em Lisboa. Pode encontrar os sabonetes no Biomercado, na Avenida Duque de Ávila, ou nas lojas Maria Granel, em Campo de Ourique e Alvalade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *